A Galeria de Mapas do Palácio do Vaticano é um tipo de atlas disposto no espaço, que propõe uma experiência de fruição através do percurso do corpo que, entre aproximações e distanciamentos, vai apreendendo os detalhes e as relações entre os mapas e vistas de cidades que se sucedem em seu caminhar. 

A galeria de 120 metros de comprimento leva à capela Sistina e tem suas paredes são adornadas por quarenta mapas pintados em afresco, representando diferentes regiões da Italia e as propriedades da igreja naquela época. Cada mapa regional é acompanhado por vistas detalhadas da sua principal cidade, em uma Italia ainda não unificada, além de cenas de batalhas como o Cerco de Malta e a Batalha de Lepanto. Os afrescos do teto ilustram histórias das regiões cartografadas nas paredes. Os mapas comissionados pelo Papa Gregório XIII (1572-1582), foram pintados com base nas cartografias elaboradas por Ignazio Danti - que era padre, cosmógrafo, geógrafo e matemático - entre 1580 e 1585.